Tamanho da fonte: -A+A

A fábrica de semicondutores portuguesa Nanium estuda montar uma planta no Brasil ou na Rússia.

Segundo o Valor Econômico desta quarta-feira, 22, os portugueses já estiveram nos dois países e buscam investidores nacionais para estabelecer parcerias. A decisão é esperada para agosto.

A Nanium estaria também buscando contato com fabricantes de "wafers" da Ásia e dos Estados Unidos com o objetivo de firmar acordos de fornecimento dos componentes a serem utilizados na produção dos semicondutores.

Quem é
A Nanium foi montada em 2009 por bancos e o governo português a partir da filial da alemã Qimonda que, em março de 2009, sucumbiu à crise desencadeada em setembro do ano anterior com o rompimento da bolha imobiliária dos Estados Unidos.  

O governo português uniu-se aos credores, ficando com cerca de 18% da empresa, para salvar a filial da empresa localizada em Vila do Conde, arredores da cidade do Porto, no norte do país.

No Sul
Até o momento, o único projeto de fábrica de semicondutores no Brasil é uma joint venture brasileiro coreana chamada HT Micron, em fase de construção em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul.

Prevista para abrir as portas no final de 2012, a fábrica tem investimentos previstos de US$ 200 milhões.