A CES 2011 promete acirrar a competência para o iPad.

Depois da Motorola, que nessa terça-feira, 21, divulgou um vídeo reivindicando para si o papel de “próximo passo na cadeia evolutiva dos tablets”, a Palm deve ingressar no segmento, fazendo frente ao iPad.

Segundo a Fox News, a empresa, adquirida pela HP em abril por US$ 1,2 bilhão, chamará o modelo de PalmPad, e venderá três configurações diferentes do gadget, com características “ligeiramente diversificadas”.

O software será o webOS, versão 2.5.1.

De acordo com a Fox News, trata-se de uma reedição do HP Slate, tablet anunciado mas nunca lançado pela fabricante de computadores.

Entre as especificações divulgadas estão entrada HDMI, câmera frontal e traseira com flash e USB 3.0. A tela, de LCD, deve ter 9,7 polegadas. O webOS tem suporte à interface multitoque, assim como o iPad.

O anúncio está dentro da estratégia anunciada para a Palm por ocasião da aquisição pela HP. Em setembro, Todd Bradley, chefe da divisão de computadores da HP declarou que a empresa pensava em usar o webOS em um tablet, e que também estudava um equipamento com o Windows.

Promessa forte em 2009, o Palm Pre também rodava o webOS quando estreou na CES daquele ano.

O aparelho chegou a bater recordes de vendas em operadoras norte-americanas nos primeiros meses de comercialização, mas a maré de sucesso não durou muito, e o pretenso iPhone killer experimentou uma desaceleração dramática nas vendas, não chegando a fazer frente ao celular da Apple em market share.

A Consumer Electronic Show (CES) se realiza de 6 a 9 de janeiro em Las Vegas.