Em reunião com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, o presidente da Motorola Mobility, Sérgio Buniac discutiu na tarde dessa quinta-feira, 24, a desoneração para produção de tablets no Brasil.

A empresa pretende produzir o Xoom, seu tablet Android, em território brasileiro. O modelo será lançado nessa sexta-feira.

Segundo Buniac, ainda não há previsão de lançamento no Brasil.

Do encontro com Bernardo, informa o Valor Econômico, ficou definido que haverá novos encontros com o governo para avançar nas tratativas sobre a questão fiscal. As conversações têm sido conduzidas pelo governo, não somente com a Motorola, mas também com outros fabricantes.

Os executivos da companhia consideram importante o esforço do governo federal para garantir melhores condições para início da produção do aparelho no país.

“O mercado brasileiro é extremamente interessante. Nós temos planos muito sérios para o Brasil”, afirmou o diretor de Relações Governamentais da Motorola, Giuseppe Marrara.

Marrara ressaltou que a Motorola já conta com forte presença no país por ter a segunda maior fábrica da empresa no mundo instalada em Jaguariúna (SP)

Baratear os preços dos tablets é uma missão do ministro Bernardo, recebida da própria presidente Dilma.

Uma das possibilidades que vem sendo avaliada é a inclusão do aparelho na lista do programa Computador para Todos, que prevê a isenção fiscal PIS/Cofins e linhas especiais de financiamento para a aquisição de equipamentos de informática.