O grupo Santelisa Vale, segundo maior produtor de açúcar e álcool do Brasil, modernizou a automação e logística nos seus pontos de trabalho com a aquisição de 385 unidades do coletor de dados Dolphin 9500 da Honeywell Imaging and Mobility. Já foram encomendados mais 50 modelos.

Os equipamentos são utilizados para registro de ponto, por meio da leitura de códigos de barra. Sua capacidade de coleta dos dados e seu sistema integrado permitem o cálculo de preço da mão-de-obra e o tempo despendido na atividade.

“Temos cerca de 300 turmas trabalhando na lavoura. Com os coletores, os dados são compilados e enviados no final do dia ao servidor, o que possibilita um controle mais efetivo e otimização do trabalho”, relata o analista de sistemas e RH da Santelisa, Marcos Rogério Zambianco.

O executivo que foram testadas mais de 10 marcas antes da escolha final. “A ergonomia e resistência apresentadas pelos equipamentos foram determinantes na escolha, além do suporte técnico e a garantia de cinco anos”, comenta Zambianco.