Paul Struhsaker

O CEO e presidente da AMD, Rory Read, acaba de acumular também, interinamente, o cargo de gerente geral de Produtos. 

Motivo: Rick Bergman, que até agora ocupava o posto, deixou a companhia.

Em comunicado, Bergman afirmou apenas que sai da empresa para “seguir uma oportunidade em outra companhia”.

O ex-gerente chegou a ser cotado para o cargo de CEO da companhia. Bergman, que veio da ATI, adquirida pela AMD em 2006, também ocupou os postos de VP e gerente geral do Grupo de Produtos Gráficos na companhia.

A saída do gerente não é o único anúncio da AMD no setor de pessoal: a empresa também acaba de divulgar Paul Struhsaker como seu novo vice-presidente corporativo e gerente geral da mais nova divisão comercial da fabricante.

Ex-vice-presidente sênior de engenharia na Comcast, Struhsaker será o responsável por rever os planos de gerenciamento de produtos para os servidores da AMD.

Mas as mudanças no corpo diretivo da empresa vêm acontecendo há mais tempo. O próprio Read assumiu como CEO em agosto passado, depois de uma busca por um ocupante para o cargo iniciada ainda em janeiro.

O executivo, que anteriormente foi presidente e vice-presidente operacional da Lenovo, entrou no lugar de Tom Seifert, que estava interinamente no posto desde que o Conselho de Administração da AMD removeu Dirk Meyer da posição por conta de discordâncias sobre a estratégia da empresa.