EMC faturou US$ 4,6 bi no 1T11

27/04/2011 12:42

A EMC fechou o primeiro trimestre de 2011 com receita consolidada de US$ 4,6 bilhões, aumento de 18% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

O lucro líquido GAAP ficou em US$ 477,1 milhões, 28% de alta ano sobre ano, enquanto o valor diluído por ação GAAP fechou o trimestre em US$ 0,21, expansão de 24%.

Tamanho da fonte: -A+A

A EMC fechou o primeiro trimestre de 2011 com receita consolidada de US$ 4,6 bilhões, aumento de 18% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

O lucro líquido GAAP ficou em US$ 477,1 milhões, 28% de alta ano sobre ano, enquanto o valor diluído por ação GAAP fechou o trimestre em US$ 0,21, expansão de 24%.

Também no trimestre, a EMC registrou fluxo de caixa operacional de US$ 1,1 bilhão e fluxo de caixa livre de US$ 857,3 milhões, encerrando o período com US$ 9,5 bilhões em caixa e investimentos.

Segundo Joe Tucci, chairman e CEO da companhia, produtos e serviços de infraestrutura da informação e virtualização lideraram o crescimento da empresa no trimestre.

“Nosso ecossistema de parceiros nos posiciona muito bem na interseção de duas das mais fortes tendências em TI – computação em nuvem e big data”, afirma o executivo.

Para o ano de 2011, a EMC projeta obter receita consolidada de US$ 19,6 bilhões, com resultado operacional GAAP consolidado entre 16,5% a 17,5% das receitas.

Para o lucro líquido GAAP, a meta da empresa é obter, no ano, em torno de US$2,5 bilhões, com ganhos por ação na casa dos US$ 1,09.

Veja também

EMC: novo gerente para Iomega na AL

Guilherme Aldighieri Soares é o novo gerente geral para América Latina da Iomega, comprada pela EMC em 2008 e transformada em sua divisão para SMB e consumidor final de soluções de gerenciamento de conteúdo e armazenamento de dados.

O executivo ocupou, em 2010, o cargo de diretor regional de vendas da Iomega para Brasil e Argentina, atuando também com foco nos segmentos de PME e home office.

Evento da EMC chega a Porto Alegre

A EMC, especializada armazenamento e gerenciamento da informação, realiza no próximo dia 28, quinta-feira, o Tour Quebra de Recordes, em Porto Alegre.

O evento reunirá na capital gaúcha os palestrantes Paulo Marcon, Sérgio Nunes e Ko Lam, especialistas em armazenamento e backup.

EMC compra NetWitness

A EMC acaba de adquirir a norte-americana NetWitness Corporation, fornecedora de soluções para identificação, inteligência e análise de ameaças às redes.

A companhia, que oferece soluções para detecção e eliminação de ameaças, automatização do processo de investigação de incidentes, entre outras, fará parte da RSA, divisão de segurança da EMC.

EMC mira aquisição para duplicar no Brasil

A EMC Corporation pretende fazer uma aquisição no Brasil este ano.

Na semana passada, o vice-presidente do conselho de administração da empresa, William Teuber, que responde por projetos de expansão nos países emergentes, se reuniu com executivos da companhia e empresas brasileiras para bater o martelo sobre o projeto de investimento de longo prazo no país, informa o Valor Online.

Brasileiro assume serviços da EMC na AL

Christiano Lucena, que até agora atuava como diretor de Serviços Globais da EMC para o Brasil, acaba de assumir a direção da mesma divisão para toda a América Latina.

O executivo continuará baseado no Brasil, mas seu posto local será assumido por Leonardo Araújo, que ficará responsável pela direção de iniciativas técnicas de pré e pós vendas de serviços.

EMC registra elevação de 61% em lucro

No quarto trimestre de 2010, a EMC Corporation reportou uma alta de 61% nos ganhos, com lucro líquido de US$ 628,6 milhões (US$ 0,29 por ação).

Em 2009, o resultado foi de US$ 390,6 milhões (US$ 0,19 por ação), para o mesmo período.

EMC projeta dobrar no Brasil em três anos

A EMC pretende dobrar sua operação brasileira dentro de três anos.

Conforme declarou ao Reseller Web o diretor-geral da subsidiária nacional da companhia, Carlos Cunha, uma estratégia para liberação de recursos focados na concretização desta meta deverá ser definida no início de 2011.

EMC compra Isilon Systems por US$ 2,25 bi

Deve ser finalizada até o final do ano a compra da Isilon Systems pela EMC por US$ 2,25 bilhões. Os conselhos das duas empresas aprovaram o acordo.

Segundo a Computerworld, os produtos de NAS (Network Attached Storage) da Isilon e da EMC deverão oferecer uma plataforma de baixo custo e capaz de ser ampliada, graças ao acordo.