A Perto recebeu certificação da Comissão Permanente do ICMS, órgão responsável por homologar os equipamentos fiscais, para uso do PertoPrinter II 1 EF no Paraná, Santa Catarina,Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

“É um equipamento robusto tanto em hardware quanto em software e de fácil integração com qualquer solução preparada para uso do set de comandos unicos”, destaca a gerente nacional de Automação Comercial, Margô Neff.  

A empresa gaúcha espera vender de 500 a mil unidades por mês nos seis estados. No total, a meta de faturamento da Perto em 2010 é de R$ 340 milhões, crescimento de 26% em relação ao ano passado.