Com lucro líquido de US$ 14,5 bilhões em 2010, a Samsung registrou alta de 65% nos resultados do ano passado, frente ao ano anterior.

No quarto trimestre, o lucro líquido foi de US$ 3,1 bilhões, superando em 13% o ganho registrado em igual período de 2009.

Segundo comunicado, memórias para computadores e smartphones foram os segmentos que mais impulsionaram o resultado da Samsung no quarto trimestre.

Na comparação com o terceiro trimestre, entretanto, a companhia observa uma redução nas margens de lucro, especialmente diante da desaceleração nos preços de memórias e telas de LCD, bem como da forte concorrência no mercado de televisores.

Nada que esfrie o otimismo do grupo coreano.
 
“Apesar do difícil ambiente de negócios, incluindo a redução da demanda de Tecnologia da Informação (TI) causada pela desaceleração econômica, alcançamos um resultado recorde”, afirmou o vice-presidente e diretor de relações com investidores da Samsung Electronics, Robert Yi.

Para compensar as pressões do mercado, a Samsung disse que vai se concentrar em custos mais competitivos de componentes de memória, além de ampliar as ofertas de smartphones e tablets.