Jeff Bezos apresenta o Kindle Fire

O CEO da Amazon, Jeff Bezos, apresentou nessa quarta-feira, 28, o tablet da empresa, chamado de Kindle Fire Tablet.

O aparelho custa US$ 199 – abaixo do US$ 250 esperados por analistas bem mais em conta do que o iPad mais barato (US$ 499).

Com sete polegadas, o modelo rodará a plataforma Android.

Na opinião de Bezos, o preço baixo será compensado pela alta nas vendas online da empresa, não só de livros, mas especialmente de conteúdos multimídia – como filmes e música.

A hipótese é endossada pelo analista da Wedge Partners Corp. Em Nova York, Bian Blair, ouvido pela agência de notícias Bloomberg.

“Amazon é realmente o único player potencial nos tablets com uma oferta capaz de fazer frente à Apple”, disse Blair.

Precinho camarada não é tudo
O baixo custo, no entanto, não é só camaradagem. O Kindle Fire não tem câmera nem microfone e vem com conexão Wi-Fi, sem 3G. O modelo tem sete polegadas e uma interface redesenhada do Android especialmente para o tablet Kindle.

No armazenamento interno, são 8GB.

Já o iPad, tem 9,7 polegadas, câmeras frontal e traseira, conexão Wi-Fi e 3G, além de beneficiar-se do ecossistema de apps da App Store – por mais que o dobro.

Segundo a Forrester Research, o mercado de tablets deve ajudar os fabricantes.

A previsão é de crescimento na casa dos 51% por ano até 2015, o que deve garantir as margens do negócio. Os mesmos analistas, no entanto, ressaltam que, se não cair no gosto do público, nada ajudará.

Como exemplo, são citados os modelos da HP, o TouchPad, e o PlayBook, da RIM, ambos considerados “fracassos” na indústria, sendo que o primeiro chegou a ser descontinuado.

Na guerra pelas graças dos compradores, as armas do Kindle Fire estão focadas no conteúdo, como observa o site International Business Times.

Revistas, livros, filmes por streaming e música são algumas das promessas da Amazon para o aparelho.

Somadas configuração e proposta, a opinião recorrente é que pode ser um bom produto comercial, mas não chegará perto de um iPad killer bem-sucedido.

A Amazon também anunciou um modelo novo de seu e-reader, chamado Kindle Touch, por US$79.99.

O novo Kindle tem um corpo menor e uma interface touchscreen no display.

Não foi divulgada a disponibilidade comercial dos modelos.