Ramiro Martini, o presidente da Cinco TI

Carteira de 13 mil contratos ativos, nova sede, incremento do portfólio com servidores Dell e projeção de dobrar este ano o faturamento de R$ 15,4 milhões obtido em 2010, elevando os ganhos para pelo menos R$ 50 milhões em 2012.

Nada mal para uma empresa que enfrentou uma freada nos negócios ao longo de 2011, por conta da crise na Europa e das enchentes em Taiwan: a Cinco TI, revenda porto-alegrense de redes, servidores e automação comercial e industrial.

“As enchentes, por exemplo, prejudicaram a fabricação de servidores, que junto com switches e storages são nossos líderes de vendas. Não chegamos a registrar queda, mas digamos que vendemos o mesmo de outros anos, com mais esforço”, avalia o presidente da companhia, Ramiro Martini.

Na sede, a revenda emprega 45 colaboradores, número que deve subir para 58 no ano que vem.

O atendimento é para todo o país e, para isso, a empresa fundada em 2006 mudou sua estratégia inicial, que previa a instalação de filiais, optando por parceiros de distribuição.

Hoje, são cinco alianças, espalhadas por São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Santa Catarina, incluindo nomes como Officer e Network1.

“De nossas vendas, mais de 50% são feitas para clientes de São Paulo para cima”, ressalta Martini. “E com os parceiros distribuidores, contamos com uma estrutura de estoque e logística já preparada, o que garante o atendimento a projetos de qualquer porte”, completa.

Tudo é acompanhado de perto, quando necessário, por profissionais enviados da matriz porto-alegrense.

Entretanto, a revenda que tem entre suas principais parcerias fabricantes como HP, Cisco e IBM, também quer se fortalecer em sua região natal – por isso o contrato com a Dell.

“No Rio Grande do Sul, por exemplo, muitas empresas usam Dell, em muito pelo fato de a empresa ter presença em Eldorado do Sul – uma proximidade que garante a confiança requisitada pelo mercado gaúcho”, salienta Martini, referindo-se à unidade da multi localizada na Grande Porto Alegre.

De click em click o varejo enche o bolso
Outro novo projeto da revenda é o Cinco TI Express, canal de e-commerce para o setor de varejo e consumidor doméstico.

O portal ainda está em versão beta, mas deve ser lançado oficialmente em breve, focando vendas às quais o time de consultores da Cinco TI não pode mais se dedicar.

“Neste segmento, a venda passa a ser 100% online. São projetos menores, envolvendo produtos encontrados no varejo, o que não é o grande mote do nosso negócio”, explica Martini. “Pelo site, atendemos a quem quiser comprar só um monitor, por exemplo, sem precisar destacar um vendedor somente para isso”, detalha.

SAP
Para dar suporte a todo o negócio, a Cinco TI aposta, é claro... na TI: a empresa adotou o SAP Business One, em um projeto do ITS Group que foi concluído em fevereiro passado, e já colhe os resultados.

“Antes, nosso trabalho era baseado em Excell. Não tínhamos base de análise, era tudo no achômetro, sem falar na divergência com sistemas de clientes, entre outros problemas”, conta Martini. “O SAP B1 melhorou todo fluxo de atividades e informações. Hoje, sei exatamente o tempo que levou, por exemplo, da cotação à entrega de um produto para tal cliente”, finaliza.