Mauro Knijnik. Foto: SPDI / Caco Argemi

O governo do Rio Grande do Sul anunciou que vai zerar o ICMS para empresas de semicondutores instaladas no estado, tanto nos insumos (nos quais o imposto chega a 12%) quanto nos produtos finais (onde hoje a taxa é de 4%).

A novidade é parte da política industrial gaúcha, anunciada nesta quarta-feira, 28. O anúncio engloba 267, sendo aproximadamente um terço focado em setores emergentes como o de semicondutores.

A medida beneficia operações que já estão instaladas no estado, como o Ceitec, em Porto Alegre, ou em fase de implantação, como a fábrica da HT Micron em Porto Alegre, mas também é um incentivo para atração de novos investimentos.

No momento, o Rio Grande do Sul disputa com Minas Gerais a vinda da Nanium, fabricante portuguesa de semicondutores que acaba de abrir operação no Brasil e anunciou intenções de construir uma planta de R$ 200 milhões cuja localização deve ser definida em breve.

“A política industrial é ampla, e os seus instrumentos atendem a todos os setores de nossa diversificada economia, valorizando a capacidade de competir por meio da inovação”, aponta o secretário de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI), Mauro Knijnik.

Os interessados poderão fazer o download dos 22 cadernos setoriais e do documento com o conteúdo completo nos site da Sala do Investidor.