Estudo divulgado pela iSuppli prevê que as vendas de notebooks manterão crescimento nos próximos anos, alcançando 324,9 milhões de unidades em 2015.

O volume representa uma expansão de 47,6% na comparação com este ano, quando 220,1 milhões de notebooks devem ser comercializados.

O dado mostra as vendas de notebooks aumentarão em 104,8 milhões de unidades em quatro anos.

De acordo com a consultoria, apesar das vendas de tablets resultarem em uma pequena desaceleração do crescimento da comercialização dos notebooks, estes ainda têm grande mercado em potencial.

Além de serem considerados peças-chave para empresas e consumidores, os portáteis rivais – tablets –  não têm capacidade de realizar as mesmas funções.

Ainda segundo dados da iSuppli, entre 2011 e 2015, as vendas de tablets tendem a subir de 60 milhões para 275,3 milhões de unidades, exponencial expansão de mais de cinco vezes.