Tamanho da fonte: -A+A

Depois de dois anos de discussão, o governo federal chegou à versão final do projeto para implantar chips de identificação em todos os veículos do país.

Segundo informa o Valor Econômico nesta quarta-feira, 30, o Detran de cada estado vai definir o formato tecnológico a ser adotado.  

Assim, ficou indefinida a disputa entre os fabricantes que queriam a adoção das etiquetas alimentadas por baterias (tag ativa) e os que defendiam m chip simples, só ativado quando o carro passa pelas antenas, alternativa mais barata porém com menos possibilidades de troca de dados.

Pelo menos 23 fabricantes submeteram suas tecnologias a testes do governo, revela o valor. A lista inclui nomes como 3M, Firit, Freescale, Kapsch e NXP Semicondutores. A iniciativa é acompanhada por Enternet, Q-Free, Texas Instruments e Transcor, entre outros.