Tamanho da fonte: -A+A

A brasiliense GFS Software acaba de investir  R$ 1,5 milhão em dois novos  hardwares IBM, uma CPU z196 e um storage DS8100.

Com a nova aquisição, a empresa aumentará em 600% a capacidade de processamento, e em 25 vezes o espaço em disco, além de poder distribuir esse espaço entre as plataformas abertas e mainframe.

“Atualmente, as maiores instalações z/OS do país confiam nas nossas soluções para manter e otimizar o ambiente operacional. Precisamos de tecnologia que nos permita manter essa confiabilidade”, afirma Daniel Simis Ehrl, engenheiro de software da GFS.

A empresa tem 700 GB em disco e cerca de 700 fitas 3490, com capacidade de 2.4 GB cada, e 40 fitas 3592, com capacidade de 1.5 TB cada.

A GFS atua há mais de 20 anos como desenvolvedora de soluções para mainframes e é líder em gerenciamentos de fitotecas z/OS, com filiais em São Paulo, Nova Iorque e Madri.