A HP anunciou o recall de 162 mil baterias lithium-ion.

Segundo o site da Exame, a empresa faz a chamada após descobrir que um modelo serial do produto não havia sido incluído no último recall em 2010.

Notebooks vendidos entre julho de 2007 e maio de 2008 são afetados pelo recall, e podem apresentar superaquecimento e ruptura, que poderão causar incêndios ou explosões. As 162 mil baterias são utilizadas em notebooks Compaq e HP.

As empresas se somam ao recall de 54 mil peças em 2010 e outras 70 mil unidades em 2009.

A empresa recomenda que os usuários que possuírem notebooks com estes problemas, devem imediatamente remover a bateria da máquina e entrar em contato com o serviço de atendimento da HP.