Apontado como o “concorrente de verdade” do iPad pela consultoria Forrester Research, o tablet da Amazon.com deve começar a ser produzido massivamente em 10 polegadas até março de 2012, segundo fontes do mercado asiático – onde o tablet será fabricado.

De acordo com o site DigiTimes, a Foxconn – mesma montadora do iPad, da Apple – será a responsável pelo novo gadget da empresa (que teve entre 15 milhões e 18 milhões de unidades encomendadas) de Jeff Bezos, além do e-reader Kindle (de 25 milhões a 30 milhões de unidades).

Além do modelo de 10 polegadas, esperado para outubro o anúncio de uma versão de sete polegadas de um tablet da marca.

Site suspeito
Ainda não anunciado oficialmente, o talbet da Amazon ganha um reforço no boato da própria empresa.

Nessa semana, segundo o site The Next Web (TNW), a companhia de e-commerce trabalha em uma nova versão do seu site com forte apelo para os tablets– com botões maiores e acesso fácil à busca.

Chance na corrida
Previsão da Forrester divulgada nessa terça-feira, 30, indica que a Amazon – que hoje tem como único hardware oficial os e-readers Kindle –  deverá vender de três a cinco milhões de tablets apenas no quarto trimestre deste ano.

Se confirmado o prognóstico mais otimista, a empresa de Jeff Bezos faria, em três meses, 17% das vendas da Apple em 19 meses – ou seja, 30 milhões desde o lançamento do iPad, em abril de 2010.

Caso mantivesse o ritmo de cinco milhões de tablets por trimestre, a empresa ultrapassaria a Apple por um milhão de unidades vendidas, no mesmo espaço de tempo.