Tablet da HP ganha revival com descontão da descontinuação

Apesar do anúncio de descontinuação, a HP deve manter a fabricação do TouchPad até outubro.

Segundo o blog All Things Digital, do Wall Street Journal Online, a alta demanda despertada pelo anúncio do fim do gadget levou a HP à dar sobrevida ao aparelho, em lote limitado.

De acordo com o blog, a nova “fornada” já estaria, inclusive, paga, dentro do planejamento inicial de comercialização do tablet com WebOS.

Parte do sucesso pode ser atribuído ao preço, que caiu dos US$ 499 para US$ 99.

Volta do finado tablet?
Em entrevista ao jornal Los Angeles Times, o vice-presidente do grupo de sistemas pessoais da HP, Todd Bradley, dei indicativos de uma volta do dispositivo ao mercado. “Os tablets são um segmento do mercado absolutamente relevante”, declarou.

Será que a maior fabricante de computadores ficará de fora desse mercado?

Para Bradley, ainda vai depender do posicionamento de uma divisão maior da empresa, a da computação pessoal, que pode ser, em breve, separada dos outros negócios da companhia.

Anunciado no meio do ano, o TouchPad não chegou a dois meses de mercado, sequer sendo vendido oficialmente pela HP no Brasil.

Tido como um forte concorrente da Apple no início, especialmente pela plataforma WebOS, herança da aquisição da Palm pela HP, o aparelho, aos poucos, foi esquecido nas prateleiras, em detrimento de modelos com a plataforma Android, como os fabricados por Samsung e Motorola.