A Gol acaba de concluir um projeto de modernização de TI nos 48 aeroportos nacionais onde tem base e em mais três escritórios localizados em São Paulo.

O trabalho ficou a cargo da CPM Braxis Capgemini,que fez a substituição de todas as estações de trabalho e servidores utilizados nestas estruturas, além de homogeneizar o ambiente virtual, que antes era diversificado.

Em dez meses de trabalho, foram substituídos os sistemas operacionais e aplicativos de escritórios existentes, como Windows XP e Microsoft Office 2007, pelas versões do Windows 7 e Microsoft Office 2010, em mais de 3,5 mil estações de trabalho.

Além disso, foi realizada a troca dos equipamentos de diversos fornecedores.
            
No projeto, a CPM Braxis Capgemini usou suporte de seu Global Operation Center (GOC), responsável pelo gerenciamento remoto de 12 mil dispositivos (como servidores, switches, roteadores e links), para migrar todos os servidores das bases nacionais da companhia aérea do Windows Server 2003 para a versão 2008.

Os servidores também foram configurados como Read Only Domain Controller (RODC), o que, segundo Carlos Duque, VP de Serviços de Infraestrutura da CPM Capgemini, aumenta a segurança do ambiente de TI e diminui em 50% o tráfego de replicação.

“Isso reduz problemas com auditoria interna e externa, entre outros benefícios”, afirma Duque.

Na parte de estruturação física, ele detalha que foi feita a troca e reorganização dos racks em todos os aeroportos brasileiros em que a Gol atua.

Para tanto, foi necessária uma vistoria prévia para obter todas as informações antes da execução, já que foi preciso obedecer às janelas de parada de tráfego de dados porque, durante o período de troca dos racks, a base da Gol ficaria inoperante.

“Todo o trabalho precisou ser cronometrado para não ultrapassar o tempo de indisponibilidade acordado. Nossa equipe conseguiu finalizar todo o projeto com antecedência”, garante Duque.

Operando com as marcas Gol e Varig, a companhia aérea realiza cerca de 940 voos diários para 51 mercados domésticos e 11 internacionais na América do Sul e Caribe.

Por meio de acordos com empresas regionais, a empresa também oferece voos para outros 12 destinos brasileiros.

A Gol trabalha, ainda, com o serviço logístico Gollog, que capta e distribui cargas e encomendas em mais três mil municípios brasileiros e oito internacionais.

Já a CPM Braxis Capgemini é a integrante do Grupo Capgemini para o setor de TI.

A empresa atua com quatro linhas de serviços: Applications Management Services, Enterprise Applications Services, Infrastructure Services e Infrastructure Products.

No país, onde adquiriu a CPM Braxis em 2010, a corporação emprega hoje mais de 6,4 mil profissionais e atende a mais de 200 clientes, por meio de oito centros de desenvolvimento, centros de teste e data center próprio.

A estrutura conta, ainda, com núcleo de gerenciamento remoto de infraestrutura, núcleos de serviços compartilhados de manutenção e suporte para soluções SAP.

A companhia é certificada CMMI Dev 1.2 nível 5.