O que você prefere, que o seu site seja bonito ou que ele seja fácil de achar no Google?

Apostando na segunda opção, o diretor de Operações da Media Factory, Luiz Augusto, dá a dica para garantir acessos: escantear o Flash. Ele assina o artigo intitulado Esqueça o Flash!, publicado nesta sexta-feira, dia 01, no Baguete.

Ciente de que uma não exclui a outra (um site pode ser bem desenhado e de simples localização), Augusto explica como funcionam os mecanismos de buscas na internet e descreve como as informações aprisionadas num site em Flash podem prejudicar os acessos à página.

“Quando você faz um site em Flash, você tranca as informações. Os buscadores entram no site e não vêem nada. É como se fosse uma página em branco!”, escreve no texto, que pode ser conferido pelo link relacionado abaixo.