Black Friday teve faturamento de R$ 100 milhões no e-commerce em 2011

A Black Friday brasileira superou as expectativas do e-commerce.

Segundo a consultoria e-Bit, o faturamento do dia de promoções inspirado nas ações das lojas norte-americanas foi de R$ 100 milhões - 88% a mais que em 2010.

O hotsite criado para a Black Friday registrou mais de seis milhões de cadastrados, picos de 210 mil acessos por segundo e 237 mil pedidos.

O ticket médio ficou acima da média do comércio eletrônico nacional, de R$ 350, chegando a R$ 425. Em relação ao perfil dos compradores, 72% eram homens e 39% dos internautas tinham entre 20 e 40 anos.

As categorias mais procuradas foram informática e eletrodomésticos, empatadas com 12%, eletrônicos (10%), moda e acessórios (9%) e saúde, beleza e medicamentos (8%).

As cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte foram as que mais geraram acesso para o site promocional, que ofertou 68 mil produtos com taxa média de descontos entre 20% e 40%.

Varejo animado
No site Busca Descontos, que agregou ofertas de 53 lojas virtuais, as vendas movimentaram R$ 17,2 milhões, um recorde para o site. A previsão inicial era de R$ 15 milhões.

Além disso, o site recebeu o dobro de acessos do que era esperado. O maior movimento aconteceu nos primeiros momentos da promoção, entre a 0h e 1h da manhã. Somente entre os dias 16 e 25 de novembro, mais de 6 milhões de usuários efetuaram espontaneamente o cadastro no Busca Descontos.

Numa das participantes, a Walmart, as vendas online tiveram alta de 80% na comparação com um dia normal. O número de participantes também teve crescimento, de 300%, na comparação com o dia de ofertas promovido no ano passado.

O Walmart.com.br ofereceu 200 produtos – mais que o triplo do que em 2010 – e percebeu maior procura em itens como eletrônicos e informática, em especial televisores LED e notebooks.

Grandes sites, como Dell, Americanas, Submarino, Netshoes, Daffiti, Saraiva e Fnac, também participaram do evento.

Em 2010, cerca de 60 mil consumidores se cadastraram, e a liquidação movimentou R$ 3 milhões.