O Windows Azure, serviço de cloud computing da Microsoft, ficou 24 horas fora do ar na última terça-feira, 28. De acordo com a companhia, o motivo pode ter sido um erro de cálculo no ano bissexto.

Conforme a publicação do G1, a Microsoft informou aos clientes que houve um problema num certificado, que iniciou quando o sistema começou a trabalhar com a data de 29 de fevereiro.

Devido a diferenças de fuso horário, os problemas começaram ainda no dia 28 para alguns clientes e se estenderam até pelo menos o final do dia 29, enquanto a Microsoft, gradualmente, instalava uma atualização que consertava o erro de cálculo.

Entre os serviços que foram comprometidos pela queda do Azure está o G-Cloud, uma plataforma de serviços usada pelo governo do Reino Unido.

Essa não é a primeira vez que a Microsoft enfrenta problemas com anos bissextos. Em 2008, o player portátil Zune deixou de funcionar no dia 31 de dezembro. O sistema travava devido ao dia ser o 366° do ano. O aparelho voltou a funcionar apenas no dia primeiro de janeiro de 2009.