Os restaurantes de Kuala Lumpur, capital da Malásia, serão obrigados a ter Wi-Fi.

Segundo o jornal The New Straits Times Press, a lei passa a valer em abril desse ano e passará a ser um pré-requisito para obter licenças como restaurante na cidade.

A lei também se aplica a cafés, pubs e bares com mais de 120 metros quadrados.

Centro comercial e econômico do país, Kuala Lumpur é a segunda maior cidade da Malásia, país do país do Sudeste Asiático com 27,7 milhões de habitantes – 0,5% morando em Kuala Lumpur.

Somado o fato de que  a cidade tem 14 empresas da lista Forbes 2000 sediadas nela, a necessidade do uso de redes de internet fica evidente.

“Vai ser um requisito mandatório para operar serviços de alimentação na nossa cidade”, diz o jornal.

Uma pesquisa está em andamento na cidade, com previsão de conclusão em março, para determinar os estabelecimentos comerciais que estejam prontos para o uso do Wi-Fi.

Em 2008, uma rede de hot spots chamada WirelessKL foi estabelecida na cidade, com o objetivo de oferecer conexão em áreas de grande circulação em Kuala Lumpur. Um total de 1,5 mil pontos foram instalados. Agora, eles devem ser desativados.

Leia a matéria completa do The New Straits Times Press (em inglês) nos links relacionados abaixo.