A Lupatech, fabricante de equipamentos de petróleo e gás, e a Eztec, incorporadora e construtora de imóveis residenciais de São Paulo, são as novas usuárias do Assembleias Online, plataforma de voto eletrônico desenvolvida pela MZ.

Com isso, as duas companhias passam a oferecer a seus acionistas a opção de votarem remotamente, por meio de procurações eletrônicas, o que ampliará o quórum nas assembleias gerais.

“Com o sistema, esperamos que a participação de minoritários cresça em nossas assembleias”, afirma Thiago Alonso de Oliveira, diretor de Finanças e Relações com Investidores da Lupatech.

Já para Emílio Fugazza, diretor da mesma área na Eztec, expandir a votação por parte de minoritários é uma forma de “reforçar o compromisso da empresa com as melhores práticas de governança corporativa e transparência com o mercado de capitais”.

O Assembleias Online conta com aval da Comissão de Valores Mobiliários.

A adesão à plataforma, aliás, põe as empresas em conformidade com a Instrução 481 da CVM, que disciplina o exercício do direito de voto por sistema eletrônico e demais assuntos relacionados às assembléias gerais de companhias abertas.

Além de Lupatech e Eztec, já aderiram ao sistema também companhias como Bematech, Natura e Triunfo.

O sistema já conta com mais de 550 investidores cadastrados, sendo 26% de fundos estrangeiros e 74% de fundos brasileiros e acionistas pessoas físicas.

Para permitir a votação segura, a plataforma conta com certificado da Certisign/VeriSign, além de revisão assinada pela Ernst & Young.