A Google se comprometeu com a Fifa a não liberar vídeos da Copa do Mundo no YouTube.

Todos os vídeos publicados por usuários contendo direitos autorais serão detectados pela ferramenta Video ID que, segundo a Google, é capaz de detectar e apagar automaticamente qualquer material ilegal capturado pela televisão.

Para isso, informa a Info Online, a ferramenta compara metadados das imagens originais e das postadas ilegalmente.

A medida de apagar o conteúdo tem como objetivo proteger as emissoras de TV, que pagam pela transmissão.