O Google modificou seu algoritmo de buscas para priorizar informações mais recentes nos resultados.

Segundo a agência EFE, a mudança no sistema afetará cerca de 35% das respostas às pesquisas feitas pelos internautas na ferramenta – hoje uma das mais utilizadas na internet.

De acordo com a empresa, a melhora foi implementada para que o buscador "entenda" melhor quando é preciso oferecer resultados com conteúdos mais recentes.

“Dado o ritmo incrivelmente rápido com o qual se movimenta a informação hoje em dia (...), o algoritmo precisa ser capaz de entender se o resultado de busca sobre um programa de televisão de uma semana atrás é recente ou se o resultado sobre uma notícia publicada há uma semana é muito velho”, informou a companhia.

Algorítimos são instruções matemáticas que informam aos computadores como realizar as tarefas que lhes são atribuídas.

No caso do PageRank, algorítimo do Google criado pelos cofundadores da empresa no final da década de 1990, um dos fatores que determinam a relevância das páginas são os links para ela, de acordo com a sua importância na internet.