Mais da metade de internautas ouvidos pela revista "Consumer Reports" (52%) afirmam postar dados potencialmente perigosos à sua segurança, incluindo endereços residenciais, datas de nascimento completas e informações sobre os filhos.

A publicação ouviu 2 mil pessoas e, destas, 38% haviam postado a data de nascimento completa em sites como o Facebook e MySpace, algo que, segundo a pesquisa, pode ser usado em roubos de identidade. Outros 8% postaram o endereço residencial.

No Facebook, 42% postaram data do nascimento, enquanto 7% colocaram endereço residencial. Já 3% disseram quando estariam fora de casa. Outros 26% dos usuários do Facebook colocaram nomes dos filhos e fotos.

O assunto foi responsável pela criação do site Please Rob Me, que inicialmente utilizava dados do Foursquare para informar casas vazias e passíveis de serem roubadas. Atualmente o site não exibe mais a funcionalidade e seus organizadores afirmam que o objetivo é aumentar o cuidado sobre o over-sharing online.