Apple barrou o IS Drive, que permitia o uso do protocolo BitTorrent

A flexibilidade durou pouco. O aplicativo para iPhone IS Drive, que permitia o download de arquivos pelo protocolo BitTorrent, foi retirado da App Store pela Apple.

Segundo o site Macworld, o desenvolvedor do app, Derek Kneper revelou o veto no Twitter.

“Acabei de receber uma ligação da Apple. Eles vão derrubar o IS Drive. Vou ver o que posso fazer, mas acho difícil fazê-los mudar de ideia”, postou.

Publicado na App Store nesta semana, o aplicativo permitia a administração de downloads de imagens do ImageShack, que armazena imagens. Quando autorizado, o aplicativo causou surpresa, já que possibilita a configuração de outros repositórios para baixar arquivos, além do ImageShack.

Ou seja, o app poderia ser uma porta para a pirataria no iPhone, prática que iria contra o modelo de negócios da Apple – em especial o iTunes.

Em princípio, Knepper teria driblado do crivo da Apple com uma malandragem. Em vez de descrever o app como um cliente de torrent. Até então estava dando certo.

“Há muitos usuários que não têm a intenção de baixar conteúdos com copyright”, disse o desenvolvedor, que ainda argumentou que softwares de própria Apple, como o navegador de internet Safari, também permitem piratear arquivos.

“Eles teriam que proibir ele também”, conclui.