O Google pagou US$ 47,5 mil em prêmios para pesquisadores que apontaram 14 vulnerabilidades, recentemente corrigidas, no Google Chrome.
 
De acordo com a companhia, todos os erros identificados foram rotulados como “altos”, sendo que dez das falhas são de gerenciamento de memória, segundo pesquisadores usam a ferramenta de detecção de erro do Google, AddressSanitizer, para descobrir falhas.

Conforme a publicação do IDG Now, enquanto os bugs reportados por quatro pesquisadores rendeu US$17,5 mil, o Google também recompensou três deles com bônus surpresa de 10 mil, por contribuições contínuas e extraordinárias.

Este ano, o Google já pagou cerca de US$ 73 mil para colaboradores externos.

Além disso, a companhia retirou o patrocínio do concurso hacker Pwn2Own, para oferecer até US$1 milhão em prêmios aos pesquisadores que demonstrarem explorações de vulnerabilidades desconhecidas no Chrome.