Sede da Zooppa

A norte-americana Zooppa, companhia de internet que promove concursos entre usuários para criar anúncios remunerados para instituições, acaba de lançar operação no Brasil.

Segundo Renato Ciuchini, sócio-diretor comercial da Zooppa no país, a operação deve se tornar rentável já em 2011. Globalmente, a empresa espera dobrar seu faturamento este ano, graças ao aumento de demanda do chamado crowdsourcing advertisiting e a explosão do crescimento das redes sociais.

A empresa, que começou incubada na Itália em 2007 e recebeu US$ 5 milhões de investimentos da HFARM, mudou sua sede para Seattle no ano seguinte e hoje possui uma rede com cerca de 60 mil membros (10% deles, brasileiros), que submetem idéias, peças gráficas e vídeos com potencial viral, concorrendo a prêmios oferecidos pelo site.

As melhores peças são escolhidas pela própria comunidade, pelo cliente e pelo conselho da Zooppa. A comunidade da rede, que também tem presença na Itália, é formada por publicitários, profissionais de marketing, estudantes e consumidores.

Na carteira de clientes da Zoopa estão empresas como Google, Mini Cooper, Microsoft, Havaianas e Tom Tom.

No Brasil, a primeira empresa a utilizar a plataforma  é a Sky, que abriu um concurso para promover o serviço Sky HDTV. Os participantes concorrem a dois prêmios de US$ 5.500, um para cada categoria.

“Já estamos avaliando os primeiros resultados. A Sky não poderia deixar de utilizar essa nova alternativa de criação de conteúdo viral, pois 100% dos nossos consumidores estão no meio digital e os resultados da ação com a Zooppa podem surpreender”, afirma Marcelo Miranda, diretor de marketing da Sky.

“Quando um cliente patrocina um concurso na Zooppa, ele inicialmente posta um briefing e recebe entre 60 e 100 vídeos e de 400 a mil pecas gráficas num período relativamente curto de tempo, geralmente de oito semanas”, informa Marcello Ursini, sócio-diretor de marketing da empresa

Renato Ciuchini, sócio-diretor comercial da Zooppa no Brasil, acredita que por ser um país reconhecidamente conectado, o Brasil terá ainda mais oferta de serviços que “devem levar a Zooppa a obter resultados ainda mais expressivos do que em outros países onde está presente”.

Ciuchini, que tem 17 anos de experiência no setor de telecomunicações e tecnologia da informação, ocupou em 2009 o cargo de diretor de Mercado Corporativo da TIM Brasil, com a responsabilidade do atendimento aos grandes clientes corporativos da empresa.