Pesquisadores do Instituto Fraunhofer, da Alemanha, anunciam o lançamento do formato MVC (Multiview Video Coding), que defendem como a última palavra em tecnologia para permitir a exibição de filmes 3D nas telas dos computadores.

Até hoje, o grande problema encontrado era a taxa de transmissão de dados exigida pelos filmes tridimensionais, que exigem a exibição de ao menos duas imagens na tela para representação espacial de cada cena - uma para o olho esquerdo, outra para o direito.

Segundo os pesquisadores alemães, o MVC pode fazer pela transmissão de vídeos 3D o que o formato H.264/AVC fez pelos filmes HD.

O formato, que deixa os filmes até 40% menores, poderá ser usado tanto para transmissões pela internet quanto por qualquer outro meio, incluindo a transmissão tradicional pelo ar (broadcast).

De acordo com os especialistas, o maior benefício desse formato é a redução da taxa de dados usada no canal de transmissão, mantendo a mesma qualidade de alta definição.

"As TVs 3D estão limitadas a reproduzir os filmes tridimensionais a partir de discos Blu-Ray. O próximo passo será trazer o 3D por meio de transmissões normais, ou através de canais de IPTV funcionando via DSL ou cabo," diz Thomas Schierl, membro da equipe que está desenvolvendo o MVC.