Tamanho da fonte: -A+A

O coordenador da campanha digital de Dilma Rousseff à presidência, Marcelo Branco, divulgou no seu perfil do Twitter nesta segunda-feira, 10, um vídeo defendendo a entrevista informal com a candidata postada no site Dilmanaweb.

No vídeo, aparecem imagem de discursos de Getúlio Vargas em uma televisão antiga, do presidente Lula em um modelo mais moderno e da entrevista de Dilma na tela de um notebook.

O trecho selecionado da entrevista de Dilma é o momento no qual ela se dirige à audiência com a saudação “Oi Internautas”, satirizada por opositores da candidata. Depois, surge o texto “Os tempos mudaram”, seguido de palavras como “banda larga”, “inclusão digital” e “mídias sociais”. Nos posts do Twitter, o link é seguido pela hashtag #oiinternautas. A gravação não tem assinatura.

A entrevista seria um piloto para um programa batizado “Fala Dilma”, mas foi retirada do ar pela polêmica gerada pela afirmação da candidatada de que os nordestinos migravam “do Nordeste para o Brasil”.

De acordo com o jornal carioca O Globo, o vídeo seria um treinamento melhorar a perfomance da candidata na frente das câmeras e a decisão de veicular a gravação foi de Branco, o que teria causado um movimento pela sua demissão na coordenação de campanha. A entrevista foi criticada pela qualidade da produção.

Em nota, o PT desmentiu a possibilidade da demissão, também negada por Branco em seu Twitter.