Tamanho da fonte: -A+A

Aulas online e média 7,5 para aprovação são algumas das características da Universidade BuscaPé.

Lançada nessa semana, a iniciativa do conglomerado de empresas e ferramentas de comércio eletrônico visa a fomentar o segmento “através da disseminação de conteúdo para a formação e capacitação de profissionais”.

“É para profissionalizar o mercado”, resume Pedro Guasti, vice-presidente de Inteligência Empresarial do Grupo BuscaPé.

No currículo do curso avançado de Consultoria em E-commerce, por exemplo, entram gestão e planejamento de negócios, web analytics e marketing, entre outros conteúdos.

Os cursos estão disponíveis em uma plataforma online, e custam de R$ 100 a R$ 130 (especializações) e R$ 59,90 (gestão e negócios).

Um módulo gratuito, chamado Marketing Digital BuscaPé, também está ativo.

Quem se matricular, contará com ferramentas interativas de suporte, biblioteca virtual com indicações de sites, livros e materiais para pesquisa.

O aluno que concluir o curso pode receber, além do certificado de conclusão, o selo BuscaPé e-Commerce Professional Certified, que o habilita a prestar consultoria para comércios eletrônicos.

Basta fazer um teste ao final do programa e obter aproveitamento mínimo de 75%.

Fundado em 1999, e vendido por US$ 342 milhões ao grupo sul-africano Naspers 10 anos depois, a marca BuscaPé representa hoje propriedades de mídia focadas no processo de decisão de compras do e-commerce latino-americano.

Entre as marcas debaixo do guarda-chuva do grupo estão o Bondfaro, Pagamento Digital, SaveNem eBehavior, DinheiroMail e Navegg.

Segundo a empresa, são mais de 60 milhões de visitas todos os meses, vindas de 28 países.