Anunciada nessa terça-feira, 10, a compra do Skype pela Microsoft deve aumentar a visibilidade do Braisl dentro da estratégia da companhia.

Segundo o jornal Valor Econômico, o negócio é faz parte da tática de fortalecimento da atuação da MS na comunicação via internet.

“O Skype tem uma aceitação muito grande no Brasil e o acesso a essa base é um dos grandes trunfos da Microsoft”, diz Fernando Belfort, analista de mercado sênior da consultoria Frost & Sullivan, ouvido pelo jornal.

O Skype não divulga dados do mercado local. Em termos globais, no último trimestre de 2010, o serviço tinha uma média mensal de 145 milhões de usuários conectados por mês, diz a matéria, publicada nessa quarta-feira, 11.

Para a consultoria IDC, a marca Skype tem uma imagem forte, o que pode ajudar a Microsoft a impulsionar as vendas de seus produtos nesse segmento.

Leia a matéria completa do Valor (para assinantes) nos links relacionados abaixo.