Os internautas brasileiros são campeões mundiais em acesso a sites de pornografia. É o que indica uma pesquisa encomendada pela Symantec e realizada junto a mais de sete mil usuários de Internet em oito países.

Os resultados indicam que 55% dos brasileiros visitam páginas de sexo quando estão online. Já os segundos colocados, os chineses, ficam 51% do tempo nestes sites. Britânicos e alemães, com 35%, são os menos interessados na web pornográfica.

O estudo investigou os costumes de 4.687 adultos e 2.717 crianças nos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Alemanha, França, Brasil, China e Japão.