O Brasil está ganhando mais uma rede de serviços, com a novidade de ser focada em tarefas.

Chamada de GetNinjas, a novidade oferece um espaço para que pessoas com habilidade de realizar um serviço específico consigam oferecer seu trabalho para o público em geral.

Por serviços leia-se tarefas simples, como passear o cachorro.

“O GetNinjas é um local fácil de encontrar, comprar e vender qualquer atividade. Daí o nome GetNinjas – um ninja é aquela pessoa fera em alguma área que executará uma tarefa de forma rápida e eficiente”, explica Eduardo L'Hotelier, sócio-fundador e CEO da GetNinjas.

Atualmente, o site está em estágio de cadastro (acesse o links nos endereços relacionados abaixo).

Uma vez ativa, a empresa começará oferecendo uma plataforma online, para ser acessada em computadores, e já promete para breve os mesmo serviços via mobile para iPhone e Android.

Pela plataforma, é possível anunciar qualquer tipo de trabalho. As atividades são pagas via site através da processadora de pagamentos Moip, do grupo IG. O dinheiro só é repassado ao “ninja” quando a solicitação é entregue.

Entre os temas estão desenvolvimento de banners, placas, layouts, logotipos, estampas para camisetas, retratos, caricaturas, convites, cartões postais, apresentações em Power Point e edições de vídeo.

Dicas, fotografia, jogos, música, mídias sociais pesquisa e textos são outras áreas de atuação.

Sites como o Trampoo e o Beeqo, por exemplo, já oferecem pequenos serviços, geralmente prestados pelo computador. Já o GetNinjas tem a proposta de “prestação presencial”.

A inspiração vem do site TaskRabbit, serviço norte-americano em que usuários postam tarefas – comprar comida para o cachorro e trazer no trabalho, por exemplo, ou montar um guarda-roupa – e os prestadores oferecem os seus preços.

Uma vez fechado o negócio, o prestador recebe e o cliente é atendido.

O GetNinjas recebeu cerca de R$ 1 milhão do fundo brasileiro Monashees, que já investiu em empresas como Peixe Urbano, Boo-Box e Playlore.