OFFLINE

Sites da B2W são suspensos por 72h

14/03/2012 13:48

A Fundação Procon-SP anunciou nesta quarta-feira que decidiu suspender as atividades de comércio eletrônico dos sites do grupo de varejo B2W por 72 horas em todo o estado de São Paulo.

 

Os sites envolvidos são americanas.com.br, submarino.com.br e shoptime.com.br.

 

Segundo o Procon, a determinação vale a partir da quinta-feira, 15, segundo. A B2W também levou multa R$ 1,744 milhão.

 

Site Americanas.com é um dos afetados pela decisão do Procon-SP

Tamanho da fonte: -A+A

A Fundação Procon-SP anunciou nesta quarta-feira que decidiu suspender as atividades de comércio eletrônico dos sites do grupo de varejo B2W por 72 horas em todo o estado de São Paulo.

 

Os sites envolvidos são americanas.com.br, submarino.com.br e shoptime.com.br.

 

Segundo o Procon, a determinação vale a partir da quinta-feira, 15, segundo. A B2W também levou multa R$ 1,744 milhão.

 

Já em novembro do ano passado o organismo de defesa dos consumidores ameaçava a suspensão, com base em problemas apresentados no atendimento desde 2010, quando, segundo o Procon-SP, se registoru 2.224 atendimentos sobre problemas com os sites da B2W.

 

No ano passado, esse número aumentou em 180%, com o registro de 6.233 atendimentos. A maioria dos problemas foi gerado por falta de entrega do produto ou defeito no item adquirido.

 

“Isso é um descaso, desrespeito ao consumidor. Fizemos várias tentativas chamando a empresa para o diálogo no Procon, mas o problema não foi resolvido”, afirmou em comunicado o diretor executivo da Fundação Procon-SP, Paulo Arthur Góes.

 

A empresa não comentou imediatamente o assunto.

 

No balanço do último ano, a empresa de comércio eletrônico apurou prejuízo de R$ 89,2 milhões, revertendo lucro de R$ 33,6 milhões em 2010.

Veja também

B2W dobra prejuízo no 4T11

A B2W encerrou o quarto trimestre de 2011 com prejuízo duas vezes maior que o registrado um ano antes, ainda refletindo problemas com logística e prazos de entrega e pressionada pela concorrência.

Dona dos sites Americanas.com, Submarino e Shoptime, a empresa teve prejuízo de R$ 28,8 milhões entre outubro e dezembro, comparado a perda de R$ 14,2 milhões no mesmo intervalo de 2010.

Justiça dá 10 dias à B2W para se explicar

O Ministério da Justiça informou nesta sexta-feira,10, que notificou o portal Americanas.com, do grupo B2W Varejo, sobre atrasos na entrega de produtos.

Segundo o site do jornal Brasil Econômico, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) estabeleceu o prazo de 10 dias para que esclarecimentos sejam prestados pela empresa.

Procon ameaça fechar B2W

A B2W Companhia Global de Varejo, dona dos sites de e-commerce Americanas, Submarino e Shoptime, pode ter que suspender suas atividades por 72 horas no estado de São Paulo.

Em auto de infração em primeiro grau publicado no Diário Oficial paulista dessa quinta-feira, 10, o Procon e determina suspensão e multa, de R$ 1,7 milhão, por irregularidades na entrega de produtos.

Submarino Viagens amplia para Argentina

O serviço de e-commerce Submarino Viagens lançou uma versão argentina do portal especializado em serviços de turismo.

Desenvolvido com foco na cultura local, o site oferece ferramentas diferenciadas para busca de passagens aéreas, hotéis e pacotes turísticos com preços promocionais para os mesmos destinos oferecidos no Brasil.

UOL Host: planos de hospedagem para PMEs

O UOL Host acaba de lançar novos planos de hospedagem para o mercado de pequenas e medias empresas (PMEs), além de profissionais liberais.

Telecom lidera reclamações em Floripa

Operadoras de telecomunicações encabeçam a lista de empresas com maior número de reclamações no Procon de Florianópolis em 2011.

Segundo a relação divulgada pela entidade, foram 19.145 atendimentos.

Desses, 1.199 foram reclamações contra a TIM (líder de mercado com 38,73%, segundo números da Anatel para o mês de outubro, o último dado disponível), outras 671 foram relativas à Oi, 517 sobre serviços da Claro e 514 da NET.

Amazon BR: dor de cabeça para varejistas

Executivos de grandes sites do e-commerce brasileiro já estão em alerta com a possível vinda da Amazon – maior operação de comércio eletrônico do mundo – para o Brasil.

B2W aprofunda prejuízo

A B2W, que reúne os sites Americanas e Submarino, registrou prejuízo consolidado de R$ 20,9 milhões no segundo trimestre de 2011, uma queda de 217% frente aos R$ 17,9 de lucro do mesmo período do ano anterior.

O balanço da empresa de comércio eletrônico veio com um aumento de dois dígitos na linha de despesas, sendo o maior deles equivalente às perdas com vendas, que cresceram 12,3%, somando R$ 288,7 milhões no primeiro semestre.
 

Submarino: portal de entretenimento e tecnologia

O site Submarino lançou nesta segunda-feira, 06, o Radar, um espaço interativo que reúne informações sobre tecnologia, cinema, música, artes e moda na web.

A plataforma é formada por uma equipe de jornalistas, publicitários e alguns blogueiros, e foi desenvolvida com base em pesquisas realizadas pela B2W, controladora dos sites Submarino e Americanas, sobre o posicionamento da marca e o perfil do público.

Justiça aumenta 5x multa da Americanas.com

A multa por seguir vendendo para o Rio de Janeiro imposta a loja online Americanas.com foi aumentada de R$ 20 mil para R$ 100 mil, por dia, pela 5ª Câmara Cível do TJ (Tribunal de Justiça do Rio).

Segundo o site da Folha de S. Paulo, a empresa seguiu vendendo para o estado.

Conforme Folha.com, o MP-RJ busca resolver o problema dos atrasos nas entregas de produtos, que levaram à proibição das vendas pela Americanas.com até que os pedidos fossem normalizados.