O diretor do Departamento de Segurança da Informação e Comunicações (DSIC) do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Raphael Mandarino, colocou hackers e criminosos na mesma categoria.

“Hacker é bandido. E, por mim, o governo não deve ter qualquer relacionamento com eles”, declarou.

Segundo o site Convergência Digital, Mandarino prefere ver o envolvimento do governo com especialistas em segurança da informação, e não com “garotos” pichadores da internet.

No final de junho, o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, disse que queria convidar hackers para um evento promovido pela sua pasta com a intenção de construir indicadores de transparência para o governo.

O primeiro semestre de 2011 foi marcado por invasões a diversos endereços do governo na internet, entre eles a Receita Federal e o site da Petrobras.

Leia a matéria completa do Convergência Digital nos links relacionados abaixo.