As ações da Netflix caíram quase 20% nessa quinta-feira, 15, após uma redução na previsão de assinantes para o terceiro trimestre nos Estados Unidos.

Segundo a empresa, a expectativa é de 1 milhão a menos de clientes.

Um dos motivos apontados para a perda de assinaturas é a elevação dos preços no início do mês, manobra classificada pelo mercado como “raro, amplo e surpreendente passo errado” do CEO da Netflix, Reed Hastings, e sua equipe.

A companhia pode ter 24 milhões de assinantes no fim do terceiro trimestre, abaixo da primeira previsão de cerca de 25 milhões de assinantes.

Simultaneamente à queda norte-americana, a Netflix se lança no Brasil, com um serviço já disponível e gratuito no primeiro mês, e de assinatura mensal de R$ 15.