A SPTrans, empresa ligada à prefeitura da cidade de São Paulo, vai iniciar na segunda-feira, 19, um projeto que visa fornecer Wi-Fi, gratuitamente, nos terminais de ônibus da capital.

Com o serviço, os passageiros poderão ainda usar celulares, notebook e tablets para se conectar de graça dentro dos terminais, durante 2h43 no trânsito diário.

Segundo o portal Ad News, inicialmente, a velocidade da banda é de 4 GB, com possibilidade de ampliação para 5GB ou 6GB.

A empresa prevê que os testes durem cerca de dois meses e a partir dos resultados será determinado o tamanho da banda necessária para concretizar o serviço.
 
Se o projeto vingar, a expectativa da SPTrans é estender o acesso gratuito para os 27 terminais de ônibus da cidade, por onde circulam cerca de 2 milhões de pessoas diariamente.

“Para utilizar o serviço, é preciso fazer o cadastro por meio do CPF. Cada pessoa terá internet livre por até 15 minutos. Passado este tempo, o acesso será estabelecido após uma hora”, diz Alexandre Pelegi, coordenador do núcleo de comunicação da Secretaria Municipal dos Transportes, em entrevista ao Jornal da Tarde.

A iniciativa já tem investidores, entre eles a Rede Ponto – Centro, que mantém máquinas de recarga do Bilhete Único na capital.
 
De acordo com a SPTrans, se a medida emplacar, haverá uma licitação para escolher as empresas que vão oferecer o serviço. Nesta etapa, os terminais serão equipados com telas touch screen, com informações dos itinerários dos ônibus.