Alunos do curso de Comunicação Digital da Unisinos apresentaram, na quarta-feira, 16, os projetos desenvolvidos para a Copa de 2014.

A apresentação ao secretário José Fortunati aconteceu na Secretaria Extraordinária da Copa de 2014 (Secopa).

Segundo o coordenador do curso, Daniel Bittencourt, as propostas não são convencionais, como a mera construção de um site.

"Todas levam ou envolvem uma experiência que revelam que o ambiente real e o virtual não são mundos separados e, sim, instâncias da mesma realidade", declara o coordenador.

Projetos

Clarice Copstein e Jully Rodrigues sugeriram a instalação de frontlights nos locais das obras. Estes exibiriam avisos sobre o andamento das mesmas e a oferta de acesso à internet por wi-fi, via outdoor.

Bruna Rodrigues, Caroline Baldasso e Gisele Hammerschmidt sugeriram uma linha turística com suporte digital. A tarifa seria paga com um cartão, os horários e os deslocamentos dos ônibus seriam acompanhados via dispositivo móvel, entre outros.  

Aline Domingos e Gabriela Steigleder propuseram a criação de cinco “caixas do futuro” instaladas em pontos estratégicos que utilizariam tecnologia 3D e Realidade Aumentada.

Diógines Goldoni e Rafael Eltz Houve sugeriram um ARG, espécie de gincana com elementos lúdicos e de resolução de problemas reais.

Tomaz Saavedra e Marianne Peçanha propuseram um portal sobre acessibilidade e Daniel Bohn e Bárbara Dapper, a construção de um monumento físico na cidade utilizando conceitos de Realidade Aumentada para apresentar as informações.