A presidenciável Marina Silva se complicou no Twitter nessa sexta-feira, 18, ao retwittar a mensagem de dois de seus seguidores que contestaram a importância do escritor José Saramago, morto essa manhã.

Primeiro, a candidata escreveu em seu perfil “Morre José Saramago. O mundo perde um grande escritor e os países da língua portuguesa, o nosso primeiro prêmio Nobel.”

Em seguida recebeu as seguintes respostas: “Como podemos lamentar a morte de uma pessoa que blasfemou contra Deus a vida toda?” e “Grande escritor é muito subjetivo. Alguém que não Respeita a fé alheia não é exatamente um grande escritor”.

Ao invés de responder ao usuário, Marina retwittou ambas as frases - o que, na rede, significa concordância com o conteúdo - para só depois enviar um reply dizendo "A vida é um dom dado por Deus para quem crê e para quem não crê. Louvado seja Deus"

O caso gerou polêmica e virou um dos dez assuntos mais comentados por brasileiros, no Twitter.

Mais tarde um post publicado no site da candidata afirmou que ela teria replicado as mensagens para contextualizar seus seguidores sobre a resposta que daria na sequência.