Uma rede social para realização de sonhos é a proposta da Dreabe.

Na prática, é um site em que os usuários cadastram três desejos que querem realizar. Outros usuários veem e classificam as postagens em quatro categorias: Nobre, Legal, Criativo e Pesadelo.

Os cadastrados também podem realizar os sonhos uns dos outros.

Djeison Moreira, idealizador da rede e sócio ao lado do irmão, John, explica como funciona. Segundo Djeison, já teve uma menina na rede que queria assistir a um show de Chico Buarque em Curitiba.

“Ela ganhou ajuda financeira e passagens para ir à apresentação”, conta Moreira.

Para iniciar o projeto, Djeison e John descontinuaram suas atividades em uma empresa de desenvolvimento de sites.

Em três meses, eles fizeram a rede e, hoje, vivem do magro orçamento obtido com outros dois sócios que não foram revelados pela dupla.

“Não definimos ainda a forma que a rede irá gerar lucro, ou se ela irá gerar lucro. A verdade é que o projeto é uma tentativa de utilizar a tecnologia e a conectividade entre pessoas para mudar o mundo através da realização de sonhos”, declara Djeison Moreira.

Hoje, Djeison e John estão mudando de Caçador para a capital paranaense. Lá integrarão o Curitiba HUB, espaço que coworking que, segundo os empreendedores, deve dar mais visibilidade ao projeto.

Ajuda quem mais ajuda
A rede prevê um benefício para aqueles que realizarem mais sonhos, o plano Dreabe Realiza. À medida em que vai realizando sonhos na rede, o usuário soma pontos no ranking.

Ao alcançar 10 mil pontos, o cadastrado tem um dos seus sonhos mais bem classificados realizado pela própria rede social Dreabe.

“É uma forma de beneficiar aqueles que mais beneficiaram os outros. A máxima de que ‘ajudar os outros é a forma mais rápida de ajudar a si mesmo’ acaba sendo verdadeira”, resume Moreira.

Os sonhos podem ser realizados de três formas, diz o empreendedor.

Há a realização total, em que o usuário se oferece para realizar o sonho citado por completo e diz como vai fazer. A parcial, quando o cadastrado não pode realizar todo o sonhos, mas oferece uma parte daquilo que é sonhado.

E a indicação, em que o usuário conhece alguém que pode ajudar o sonho a se tornar real.

Quando um membro quer realizar (realizador), ele envia uma solicitação para o sonhador. O sonhador precisa aceitar a realização oferecida (isso dá direito e controle para que ele evite realizações que não tenham relação com seu sonho ou sejam errados).