A Agência Governamental de Internet da Tunísia, país que segue um controle rígido em relação ao acesso à web, está capturando os logins de usuários do Facebook, informa o site Info Online.

A descoberta foi realizada por Karel Obluk, responsável pelo desenvolvimento estratégico e técnico da companhia AVG Technologies, fabricante de software de segurança.

Segundo Obluk, os usuários do país estão sendo vítimas de uma botnet ou rede zumbi, que é similar a rede conhecida como Chuck Norris.

A diferença é que ela não infecta diretamente os computadores, mas sim os roteadores, redirecionando páginas e roubando dados dos usuários.

"Não importa o quão seguro é o computador, pois as informações de login poderão ser enviadas a outros lugares", alerta Obluk.

A página original do Facebook está segura, bem como os dados enviados ao datacenter da rede social.

Assim, o código malicioso somente é adicionado entre a transferência de um conteúdo da página para o computador do usuário, quando a agência intercepta a ação.

“O problema em relação ao ataque é que ele não é identificado por softwares de proteção comuns, pois estes apenas monitoram links URL. Nesses casos a proteção só funciona se a navegação for segura, o que não ocorre com o Facebook”, esclarece Obluk. 

Além desse impasse, a Tunísia passa por uma revolução político-social marcada por protestos e que acabou retirando do governo o ditador Bem Ali.