Tamanho da fonte: -A+A

O PSDB vai analisar o conteúdo do site pessoal de Dilma Rouseff, lançado na segunda-feira, 19, para acionar judicialmente a ex-ministra por campanha eleitoral antecipada

"Vamos examinar o site. Se houver razão para questionamento judicial, nós o faremos. Essa postura denota um quadro de alguém que não consegue crescer e está incomodada com o crescimento do Serra", declarou o coordenador de campanha Sérgio Guerra à Folha de S. Paulo.

Os organizadores do site negam que o blog tenha caráter eleitoreiro, com o objetivo de evitar que a página seja considerada propaganda antecipada, afirma o jornal.

Apesar de ser classificado como site pessoal, o espaço traz críticas ao governo de Fernando Henrique Cardoso, o que mostra “desespero”, segundo o líder do DEM na Câmara, deputado Paulo Bornhausen (SC).

"Ao abrir uma campanha de ataque, ela não tem certeza do caminho da vitória. Vamos examinar juridicamente, é o mínimo para se enquadrar esse abuso de poder. É preciso se fazer isso para estabelecer limites", afirmou o deputado.