Mark Surman - Foto: Flávia de Quadros/indicefoto.com

Tamanho da fonte: -A+A

Ideias inovadoras para uma internet aberta podem servir também para complementar a renda. É o que experimenta a Fundação Mozilla com o projeto Drumbeat, apresentado nesta quinta-feira, 22, no 11 Fórum Internacional do Software Livre.

No Brasil, o projeto contemplará cinco inovações até o final do ano pagando US$ 1 mil para seus criadores como ajuda de custo mensal, afirma Mark Surman, diretor executivo da Fundação Mozilla.

Segundo o diretor, o Drumbeat tem objetivo de criar uma web segura, mais aberta e participativa. “É um projeto criado para identificar estas ideias, conectar seus responsáveis com uma comunidade de empreendedores e ajudá-los a tornar as boas ideias em projetos reais”, declara Surman.

Os projetos estão sujeitos a passarem por diferentes estágios indo desde uma ideia até a sua implementação e o apoio da Mozilla varia de acordo com o grau de maturidade e do potencial de transformação do projeto, informa o diretor executivo.

“O Brasil é um lugar repleto do espírito do Mozilla Drumbeat — mesmo pessoas sem conhecimento técnico engajam-se na construção de uma cultura digital para o futuro”, completa.

Os participantes não precisam ser necessariamente especialistas em desenvolvimento, podem ser advogados, artistas, cineastas, linguistas, entre outros.

Até o momento, o Drumbeat já hospeda projetos como o UniversalSubtitles, que busca facilitar as traduções de vídeos, o WebmadeMovies, documentário online, e o PrivacyIcon, que discute a privacidade na web.

Os interessados em participar de tais projetos, ou submeter novos, devem acessar o link relacionado ao final desta matéria.