Esquentam os rumores sobre o lançamento de um celular do Facebook.

Já negado pelo próprio Mark Zuckerberg, o aparelho teve detalhes revelados nessa terça-feira, 22, pelo site All Things Digital, do Wall Street Journal (WSJ), citando “fontes próximas ao assunto”.

Segundo o blog, os aparelhos, que serão fabricados pela HTC e rodarão uma versão customizada do Android, do Google, deverão chegar ao mercado em até 18 meses.

O Facebook não confirmou oficialmente o projeto. Nem a HTC.

Em declaração ao WSJ, no entanto, um porta-voz reforçou que a rede social possui uma estratégia móvel: “pensamos que todo o aparelho móvel será melhor se ele for mais social”, disse o representante.

Ao longo dessa socialização dos celulares, o Facebook já deu vários passos.

Enquanto a indústria insiste em feature phones com acesso a redes sociais desenvolvidos por terceiros, o Facebook não só lançou apps para as maiores plataformas de smartphones mas também apresentou versões de seu site que rodam até nos mais simples celulares do mercado.

Os recursos envolvem desde o acesso às informações de usuários até o upload de imagens.

Dado o esforço da rede social de estar sempre ao alcance dos usuários, a expectativa é que o sistema operacional que equipará os modelos tenha a experiência de uso do site no centro do projeto.

Espera-se, por exemplo, que seja possível integrar contatos e amigos do site de relacionamentos automaticamente pela versão personalizada do Android para o Facebook.

O site também mantém parcerias com operadoras, inclusive no Brasil, para facilitar o acesso.

Conforme o próprio Facebook, são 350 milhões de usuários móveis ativos. Além disso, a empresa tem relações com 475 operadoras globais.

O All Things Digital acrescentou também que a Samsung chegou a ser cotada para lançar o modelo.

Leia o texto completo do All Things Digital (em inglês) nos links relacionados abaixo.