Mark Zuckerberg teve conta do Facebook hackeada

A conta do Facebook de Mark Zuckerberg, fundador da rede social, foi invadida por hackers nesta terça-feira, 25.

Conforme o site Folha.com, o ataque foi detectado somente na manhã desta quarta-feira, 26, o que permitiu que mais de 1,8 mil pessoas visualizassem o texto publicado pelos hackers que se passavam pelo CEO.

A mensagem postada na conta de Zuckerberg insinuava um novo plano de investimento para o site.

"Deixe o hacking começar: se o Facebook precisa de dinheiro, em vez de ir até os bancos, por que o Facebook não deixa os usuários investirem na rede de uma forma social? Por que não transformá-lo num 'negócio social' da forma descrita por Muhammad Yunus, vencedor do prêmio Nobel?”, dizia o post.

De acordo com o jornal inglês The Guardian, o texto se refere ao último investimento que a rede recebeu do Banco Goldman Sachs e do grupo russo de internet Digital Sky Technologies.

As companhias investiram mais de R$ 800 milhões no Facebook, que acabou alcançando um valor de R$ 83 bilhões, passando a valer mais que o eBay, Yahoo e Time Warner.
 
"Após esse episódio de invasão, o Facebook terá que demonstrar novamente aos usuários que leva a privacidade de dados e de segurança a sério”, disse Grahan Cluley, consultor de segurança da Sophos, ao The Guardian.

Até o momento a rede social não divulgou as razões para o ataque sucedido.