Foi revogada nesta segunda-feira, 26, a restrição na venda de iPads, imposta pelo governo de Israel no início deste mês.

“Depois de verificação, descobrimos que o iPad opera em um sinal constante aos padrões exigidos", afirmou o porta-voz do Ministério de Comunicações, Yechiel Shavi. O motivo da proibição era a incompatibilidade do Wi-Fi do aparelho com o utilizado em território israelense que poderia desestabilizar outros equipamentos.

Cerca de 20 aparelhos que entraram no país e foram confiscados no aeroporto serão devolvidos, segundo o comunicado enviado pelo ministério.