Engenheiros recém-formados têm recebido US$ 150 mil por ano da Zynga – desenvolvedora de games sociais como o Farmville, um dos mais populares do Facebook.

Considerada uma empresa de software menor, a Zynga reflete a acirrada briga por profissionais da área de TI no Vale do Silício, nos Estados Unidos, diz o jornal norte-americano The Wall Street Journal (WSJ) nessa segunda-feira, 28.

Atualmente com 1,5 mil empregados, a companhi ofereceu o alto contracheque a empregados de uma empresa menor, chamada Redfin, que opera corretagem imobiliária pela internet, diz o WSJ.

Segundo a reportagem, a concorrência no setor está tornando cada vez mais difícil a vida das empresas recém lançadas.

A Redfin, por exemplo, paga cerca de US$ 80 mil por ano a um engenheiro recém formado, pouco mais que a metade dos US$ 150 mil que a Zynga ofereceu.

E a briga não para nas pequenas, gigantes da internet como o Google também são alvo de empresas que estão em fase de rápido crescimento.

Para evitar perda de profissionais, o site de buscas elevou salários de seus funcionários em 10% no ano passado, em média, segundo a reportagem.