O Grupo Estado, conglomerado que reúne os jornais Estadão e Jornal da Tarde, os portais estadão.com.br, Limão, iLocal e ZAP, a agência de notícias Agência Estado, a rádio Eldorado, a agência de comunicação e marketing Oesp Mídia, além da Oesp Gráfica, é o novo cilente da gaúcha Constat.

A organização paulista adotou o Qualitor, software de gestão de atendimento em help-desk, SAC, shared services e ouvidoria, que está em uso por 2,5 mil colaboradores do grupo para atender a 1,1 mil agências de publicidade.

“Com a solução, o ganho de produtividade já chega a 25%”, afirma o diretor do Centro de Serviços Compartilhados (CSC) do Grupo Estado, Carlos Amaral.

O executivo também ressalta benefícios como a organização dos pedidos de serviços propiciada pela solução gaúcha. Segundo ele, não houve mais informalidade nos processos: toda solicitação agora é documentada.

Ainda conforme Amaral, chamou a atenção a facilidade de integração do Qualitor com o SAP, usado pelo grupo de comunicações.

“O software gaúcho organizou a entrada dos pedidos de nosso CSC, o que permitiu maior controle dos prazos de entrega e possibilitou medir a produtividade da equipe”, completa o diretor.

Clientão
Um dos maiores grupos de comunicação do país, o Grupo Estado tem, só com a versão impressa do Estadão, 979 mil leitores, com circulação de 218,77 mil exemplares em dias úteis e 282.74 mil aos domingos, segundo dados do IVC.

Ainda conforme o levantamento realizado pelo instituto em julho de 2010, o diário é líder de circulação na Grande São Paulo, além de ter fatia de 68% da circulação geral em outros estados, sendo 42% na região Sul.

Já o portal Estadao.com.br chega a 106 milhões de pageviews mensais.

O Jornal da Tarde, por sua vez, soma 212 mil leitores, enquanto, na parte de portais de classificados e utilidades, o iLocal têm média de 400 mil usuários únicos/mês e o ZAP já recebeu mais de quatro milhões de visitas.
 
Carteiraço
Mas o grupo paulista não é o único peixe grande da carteira do Qualitor - a solução, que foi responsável por uma expansão de 68% em faturamento para a Constat em 2010, também é usada por nomes do calibre de Springer Carrier, Braskem, Celulose Riograndense e Colombo.

Com sede em Porto Alegre e escritórios em Caxias do Sul e São Paulo, a empresa tem outras duas unidades de negócios: Fullservice, orientada a serviços de outsourcing, e Infraestrutura, focada na locação de ativos de TI.

Somando todas as divisões, a companhia encerrou 2010 com crescimento de 133% no volume de vendas, além de uma carteira de aproximadamente 200 clientes no Brasil e no exterior – a atuação dos gaúchos chega a 22 países.

Para 2011, a meta da companhia é manter a mesma média de crescimento.